Both are full of ample luminous content to supply a excellent night-time legibility, as well as their shape and replica watches size is large enough to offer the required contrast in daytime.
Top
Milão, Itália, onde comer, gastronomia, culinária italiana, atrações, restaurantes, turismo

Continuando a série sobre a Itália, o que não pode faltar é dica de comida. A gastronomia italiana é muito rica e bastante famosa no mundo todo. Quem não ama pizza, pasta, risotto e tantos outros pratos que dão água na boca?

Vai para a Itália? Planeje sua viagem com estas dicas:

Cada uma das 20 regiões italianas possui uma grande variedade de receitas, vinhos, ingredientes e produtos típicos. Aliás, não é exagero dizer que cada cidade tem seu prato típico e valoriza a arte de comer bem. Essa variedade, inclusive, fará sua viagem ser um percurso por diferentes sabores, já que variam conforme a região do país.

Confira as iguarias da gastronomia italiana que você precisa provar!

Milão

Conhecida como capital da moda, Milão também é a capital da Lombardia. Nessa região, a culinária utiliza mais manteiga do que azeite. Além disso, o consumo de arroz é superior ao da massa e ainda tem uma produção variada de queijos. Por isso, o prato típico de Milão é o risotto, mais conhecido como risotto alla Milanese.

Existem várias histórias diferentes sobre a origem dele. A mais famosa diz que este prato foi criado por acidente em 1574, durante o casamento da filha de um famoso pintor que trabalhava nos vitrais do Duomo de Milão.

Segundo a lenda, um dos ajudantes do pintor se chamava Zafferano (açafrão, em italiano). Ele usava essa especiaria para dar mais cor às pinturas. No dia do casamento, por brincadeira, combinou com o cozinheiro de colocar o açafrão no risoto para ficar com cor de ouro, símbolo de riqueza e prosperidade. Foi aí, então, que nasceu o risotto com açafrão. Que além de dar cor, deu um sabor muito especial também.

Você encontra esse risoto em vários restaurantes de Milão, mas quer uma dica de insider? A Trattoria Milanese é muito boa e fora do centro. Eu adoro ir onde os locais comem. Ele fica em Navigli que é uma região legal também para fazer aperitivos. Aliás, veja mais sobre esse happy hour italiano. É uma tradição que você precisa provar.

Algumas vezes, o risotto também é acompanhado da Cotoletta, uma espécie de bife à milanesa gigante, crocante e bem fininho. Vale experimentar os dois!

Florença

A culinária da região da Toscana é famosa pela simplicidade. Em geral, combinando produtos locais. Porém, o que a torna mesmo famosa são as carnes em geral (boi, ovelhas, porcos e de aves).

Florença é sem dúvida a cidade mais importante desta região e foi ali que nasceu a famosa bisteca alla Fiorentina.

viajar é preciso, viagem, destino, viajando pelo mundo, #heyiamlili, turismo, roteiro de viagem, viajar, mochilão, mochilando, blog de viagem, Itália, Firenze, Florença, Roma, Napoles, Sicília, Milão, gastronomia italiana, culinária italiana, o que comer na Itália

A história dela está intimamente associada ao seu nome. Segundo historiadores, em uma das noites de San Lorenzo, além dos florentinos, estavam presentes alguns ingleses que, vendo a carne cozinhar na fogueira começaram a chamá-la em inglês de beef steak.

Hoje em dia, você não precisa mais esperar pela festa de San Lorenzo para se deliciar. Essa maravilha está presente em qualquer restaurante típico da cidade.

Roma

Da capital italiana, nasceu um dos pratos italianos mais famosos em todo o mundo: a massa Carbonara. Embora a origem deste prato tão icônico seja um mistério, existem algumas teorias que o rodeiam.

viajar é preciso, viagem, destino, viajando pelo mundo, #heyiamlili, turismo, roteiro de viagem, viajar, mochilão, mochilando, blog de viagem, Itália, Firenze, Florença,

Uma das teorias diz que o Carbonara nasceu durante a Segunda Guerra Mundial. Os soldados costumavam preparar o macarrão com ingredientes que encontravam facilmente como ovos e queijo. Só que, com a chegada das tropas britânicas e americanas, foi acrescentado o bacon à receita. Esta teria sido a forma encontrada por eles de matar a saudade de casa.

A utilização do ovo na preparação de massas junto com o queijo está presente há séculos na culinária italiana. Entretanto, a adição da pancetta ou bacon teria sido mais recente.

Onde comer? Provavelmente em todos os restaurantes da cidade, dos mais chiques aos mais simples. Esta típica delícia romana pode ter variações em relação à pasta utilizada no preparo, sendo o spaghetti e o rigatoni as mais comuns.

Nápoles

Nápoles foi por séculos a capital do Reino e, isso fez, da sua gastronomia uma mistura de cozinha aristocrática e popular. A mais famosa invenção desta ilha ao sul da Itália é a pizza! A mais famosa é a Margherita e a sua história tem duas versões muito interessantes.

viajar é preciso, viagem, destino, viajando pelo mundo, #heyiamlili, turismo, roteiro de viagem, viajar, mochilão, mochilando, blog de viagem, Itália, Firenze, Florença,

Uma das histórias diz que ela foi nomeada a fim de honrar a italiana rainha Margherita di Savoia, imediatamente após a unificação da Itália. Os ingredientes usados para fazê-la, o manjericão, muçarela e tomate, teriam sido escolhidos por simbolizar as cores que inspiraram a bandeira italiana.

A outra diz que a Margherita foi apresentada como um presente para a mesma rainha.  No entanto, com os mesmos ingredientes, o autor teria desenhado uma flor Margarida.

O melhor é que você pode comer pizza em Nápoles sem gastar muito. As pizzarias, principalmente as mais antigas, têm preços ótimos e qualidade imbatível e é, até hoje, uma das principais atrações da cidade.

Sicília

Para terminar este tour gastronômico, nada melhor do que um doce típico italiano da região da Sicília: o Cannoli.

A receita do cannoli siciliano, assim como a conhecemos hoje, teria sido criada pelas irmãs de um convento de clausura perto de Caltanissetta. Já o nome do doce, teria vindo dos canos do rio utilizados para rolar a massa e moldar o waffle crocante que envolve o recheio.

viajar é preciso, viagem, destino, viajando pelo mundo, #heyiamlili, turismo, roteiro de viagem, viajar, mochilão, mochilando, blog de viagem, Itália, Firenze, Florença,

Quer saber o segredo para comer um cannoli perfeito? O invólucro de massa deve ser preenchido imediatamente antes do consumo. Caso contrário, perde a crocância. Portanto, compre sempre fresquinho. O mais tradicional é o cannoli recheado com ricota fresca, frutas cristalizadas, gotas de chocolate e açúcar.

Particularmente, eu amo a gastronomia italiana. E você, também é fã? Enfim, aproveita esta relação de restaurantes por toda a Itália para se esbaldar!

Buon appetito!!!

post a comment