Both are full of ample luminous content to supply a excellent night-time legibility, as well as their shape and replica watches size is large enough to offer the required contrast in daytime.
Top
Emirados Árabes, oriente médio, Dubai, Abu Dhabi, guia de turismo, o que fazer em Dubai

Quem acompanha o blog há algum tempo já deve ter lido que eu morei em Dubai por 3 anos! Contei um pouco sobre isso faz um tempinho, e lá tive a sorte de fazer amizades que duram até hoje. Uma delas é a da Mari. Moramos praticamente juntas, no mesmo prédio e não saíamos uma da casa da outra. Vivíamos grudadas e nos cuidávamos como família! Boas lembranças daquele tempo! ♥

Mas além de amiga, ela é uma world traveller. Vive em Dubai há 10 anos e trabalha como guia de turismo há cinco. Por isso, ela é uma das melhores pessoas para te mostrar a cidade e dividir o conhecimento que tem. Sério, ela é um poço de informação. Conhece todos os cantinhos, te explica tudo em detalhes e faz com que você se sinta praticamente um local.

 

viajar é preciso, viagem, Dubai, Emirados Árabes, Oriente Médio, Ásia, destino, viajando pelo mundo, #ondeestálili, #heyiamlili, morar fora, morando fora, turismo, roteiro de viagem, viajar, mochilão, mochilando, blog de viagem,

Mari e eu há alguns anos atrás!

 

E de toda boa amizade sempre surgem boas parcerias! Junto com a Mari teremos sempre dicas por aqui não só de Dubai, mas de vários países diferentes! Serão diversos destinos escritos de forma colaborativa (entre ela e eu). Estou bem animada e acho que vai ser divertido. E nada como ter o dom de ser guia em qualquer lugar do mundo. Porque ela é e você vai usufruir disso tudo por aqui!

 

Sobre Dubai

Desde que as reservas de petróleo de Dubai começaram a secar, o turismo tem sido uma das principais fontes econômicas. Foi através dele e investindo no ramo imobiliário que o Sheikh Mohammed conseguiu mudar a economia do Emirado. Hoje em dia, Dubai é a quarta cidade mais visitada no mundo segundo a Forbes e ultrapassou Nova York há 2 anos. Foram quase 15 milhões de turistas em 2016 e com certeza esse número cresceu no ano passado. A meta deles é chegar a 20 milhões de turistas em 2020 quando ocorrerá a Expo.

 

Dubai, Emirados Árabes, Oriente Médio, Ásia, viajar é preciso, viagem, Europa, Finlândia, Helsinki, destino, viajando pelo mundo, #ondeestálili, #heyiamlili, morar fora, morando fora, turismo, roteiro de viagem, viajar, mochilão, mochilando, blog de viagem,

Foto: Giovanna Curi

Confira as dicas de viagem de Dubai

Visto

Finalmente brasileiros não precisam mais de visto para os Emirados Árabes! O novo acordo entrou em vigor no dia 03 de Junho de 2018. Expliquei como funciona aqui!

 

Viajando com Crianças

Dubai tem muitos parques e atrações para crianças. Inclusive, já compartilhei vários deles com vocês. Por isso, o tempo necessário para ficar depende muito do perfil do viajante. Sugerimos uma visita de no mínimo 5 dias. Nesse tempo, dá para aproveitar tudo que Dubai e Abu Dhabi oferecem tanto para os adultos como para as crianças.

 

Tempo Ideal

Um casal que não queira se aventurar em parques deve ficar no mínimo 3 dias. Esse tempo seria ideal para conhecer Dubai em um dia, Abu Dhabi no outro e fazer o Safari no deserto no terceiro dia. Esse é o roteiro básico que muitas agências oferecem. No entanto, se você deseja conhecer tudo com mais calma, programe-se para ficar pelo menos mais um dia. Dubai, principalmente, tem muita coisa para fazer.

 

Onde se hospedar em Dubai

Existem alguns bairros que são melhores que outros para ficar. Downtown é mais central, porém costuma ser mais caro também. Fica próximo ao Dubai Mall é uma boa opção para quem vem pela primeira vez. O Hotel Armani e o The Palace Downtown são considerados os melhores, mas os preços são bem salgados. Já o Rove é um ótimo hotel com o melhor custo benefício na área.

A região do Dubai Marina e JBR é um pouco mais afastada. Entretanto, é um dos lugares favoritos dos turistas quando a conhecem. Há um metrô ligando a Marina à toda a cidade. Isso facilita para quem prefere se locomover com o transporte público. É uma área muito boa com bons hotéis. Sem falar que fica perto da praia e é bastante movimentado, sobretudo aos finais de semana.

Os melhores hotéis da região são o Address Dubai Marina, Grosvernor House e Intercontinental. Há também o Ritz Carlton, Hilton e o Le Royal Meridien que são resorts à beira da praia.

Para quem quer ficar mais no budget e com boa localização, o bairro de Al Barsha é uma boa sugestão. Fica ao lado do Mall of the Emirates, é servido de metrô e têm diversos hotéis. O Holiday Inn, Íbis, Novotel, entre outros dali tem um bom custo benefício.



Booking.com

 

Hospedagem no Deserto

Muitos turístas também reservam entre um e dois dias da viagem para se hospedar em hotéis no deserto e adoram! O serviço é maravilhoso e vale muito a pena conhecer. Existem algumas opções disponíveis na região. São o Qasr Al Sarab by Anantara, o Al Maha e, o mais em conta, que é o Bab Al Shams.

 

viajar é preciso, viagem, Dubai, Emirados Árabes, Oriente Médio, Ásia, destino, viajando pelo mundo, #ondeestálili, #heyiamlili, morar fora, morando fora, turismo, roteiro de viagem, viajar, mochilão, mochilando, blog de viagem,

Um dos meus passeios pelo deserto em 2009!

 

Melhores Atrações de Dubai

Dubai já apareceu por aqui antes com dicas de diversas atrações diferentes. Porém, tem tanta coisa para ver que a lista continua grande.

 

Parte Antiga

No antigo bairro de Al Bastakiya, hoje conhecido como Al Fahid, existem casas muito antigas de 1890. Estas foram reformadas e tornaram-se pequenos museus. A região é dividida em dois bairros na verdade, o Al Fahid e o Shindagha. Alguns deles são o Museu do Camelo, Museu da Moeda, Museu da Caligrafia, entre outros.

Um passeio muito interessante e não muito conhecido fica em uma dessas casas. Ali, existe um centro cultural, o Sheikh Mohammed Centre of Cultural Understanding. O lema deles é ‘abre portas, abre mentes’ e é aberto a todos. Vocês podem tomar café da manhã, almoçar ou jantar em estilo árabe, em uma casa antiga e saborear comidas típicas. Cobram uma taxa pelo serviço e é necessário reservar com antecedência. O mais legal dessa experiência talvez, fique por conta do papo com árabes locais que trabalham de forma voluntária. É permitido fazer qualquer tipo de pergunta para eles em relação à cultura, costumes e religião.

Na parte antiga da cidade existem os tradicionais Souk’s. O Old Souk está localizado às margens do Dubai Creek em Deira. Nele, vocês encontrarão o Spice Souk que nada mais é que o local favoritos dos chefs com suas especiárias. E, logo ao lado, o Gold Souk é o paraíso das jóias.

 

viajar é preciso, viagem, Dubai, Emirados Árabes, Oriente Médio, Ásia, destino, viajando pelo mundo, #ondeestálili, #heyiamlili, morar fora, morando fora, turismo, roteiro de viagem, viajar, mochilão, mochilando, blog de viagem,

Foto: Giovanna Curi

 

O mais legal é que vocês podem cruzar o córrego com as abras. Elas são barcos típicos que fazem o trajeto de um lado para o outro. Porque na outra margem, vocês encontrarão a área de Al Fahid. Ali, vocês poderão passear pelo mercado de tecidos, além de conhecer o Dubai Museum e o bairro antigo. Aproveitem também para ir até o Dubai Creek Harbour no fim do dia e se encantem com o lindo pôr-do-sol.

 

viajar é preciso, viagem, Dubai, Emirados Árabes, Oriente Médio, Ásia, destino, viajando pelo mundo, #ondeestálili, #heyiamlili, morar fora, morando fora, turismo, roteiro de viagem, viajar, mochilão, mochilando, blog de viagem,

Foto: Mari Bó

Em Downtown

O Burj Khalifa é um marco na cidade. É o prédio mais alto do mundo e pode ser visto de quase todos os lados. Vale a pena subir e ver a cidade de cima. A entrada é pelo Dubai Mall que, inclusive, também merece uma visita.

Dubai gosta de ter tudo grande e, com o mall, não poderia ser diferente. É o maior shopping em área total do mundo. Tem um aquário enorme, as melhores lojas e diversos restaurantes. Além de um elegante souk e o The Village, uma area separada com várias outras lojas. Uma atração imperdível é a Dubai Fountain. Os shows acontecem todos os dias a partir das 18h e a cada 30 minutos apresentam uma música diferente. O último show é as 23h e no almoço também fazem duas sessões após as 13h. Mas o mais bonito mesmo é ir à noite. Vocês não vão se arrepender, é simplesmente maravilhoso.

 

Em Jumeirah

Acho que não existe quem nunca tenha ouvido falar do famoso hotel que parece uma vela. O Burj Al Arab é um dos principais cartões postais da cidade, mas não é aberto ao público. Recentemente inauguraram o Gold On 27, um restaurante folheado a ouro localizado no 27º andar. Já imaginaram curtir a noite com tanto ouro ao redor? É muita riqueza, né! Sem falar que vocês ainda tem a oportunidade de conhecer o hotel por dentro.

Por outro lado, ele faz parte do complexo do Madinat Jumeirah Resort. E, no complexo, é possível entrar para conhecer uma das áreas pelo Souk Madinat. Eles também tem o passeio de abra, que antigamente era apenas para hóspedes, mas não mais!

 

viajar é preciso, viagem, Dubai, Emirados Árabes, Oriente Médio, Ásia, destino, viajando pelo mundo, #ondeestálili, #heyiamlili, morar fora, morando fora, turismo, roteiro de viagem, viajar, mochilão, mochilando, blog de viagem,

Foto: Giovanna Curi

 

Outro ponto turístico que não pode faltar, é a Ilha da Palmeira. Vale a pena conhecê-la e ver a construção que foi feita artificialmente em cima do mar.  Possui diversos restaurantes e vários resorts, entre eles, o Atlantis. A melhor forma de apreciar a vista é vendo do alto e, para isso, existem três maneiras. A primeira é para os aventureiros saltando de paraquedas. A experiência com certeza será íncrível! A segunda é fazendo o passeio de helicóptero e a terceira, que é a mais economica inclusive, é pegando o monotrilho. O trajeto de ida e volta custa 30Dhs e ele te leva de ponta a ponta na Palmeira.

 

viajar é preciso, viagem, Dubai, Emirados Árabes, Oriente Médio, Ásia, destino, viajando pelo mundo, #ondeestálili, #heyiamlili, morar fora, morando fora, turismo, roteiro de viagem, viajar, mochilão, mochilando, blog de viagem,

Foto: Giovanna Curi

 

Próximo dali, estão o Dubai MarinaJBR e o La Mer. Todos merecem uma visita tanto para jantar, como passear pela praia ou fazer compras. E, falando em compras, o Mall of the Emirates é outra opção. Além de boas lojas, ainda tem o Ski Dubai que é uma área de ski fechada.

 

Em Zabeel Park

Recém inaugurado em Janeiro deste ano, o Dubai Frame promete ser uma das principais atrações da cidade. É realmente uma moldura de 150m de altura por 93m de comprimento. E, sua localização foi escolhida a dedo. Ali, as pessoas tem a melhor vista tanto para a parte antiga, como para a parte nova de Dubai.

 

Em Al Barsha

O maior parque de flores do mundo fica em Dubai. Apesar de estar em pleno deserto, o Miracle Garden tem mais de 72mil metros quadrados e mais de 50 milhões de flores espalhadas pelas exibições. Devido às temperaturas altas do verão, o parque funciona apenas de Outubro a Abril. No mesmo local, também está o Dubai Butterfly Garden, o maior santuário indoor de borboletas do mundo.

 

viajar é preciso, viagem, Dubai, Emirados Árabes, Oriente Médio, Ásia, destino, viajando pelo mundo, #ondeestálili, #heyiamlili, morar fora, morando fora, turismo, roteiro de viagem, viajar, mochilão, mochilando, blog de viagem,

Foto: Giovanna Curi

 

Por indicação da Mari conheci a Giovanna. Uma fotógrafa brasileira que também vive em Dubai. O bom de ser brasileiro é que a gente vai se conhecendo e fazendo amizade por todos os lados, né? Ela é uma querida e cedeu as imagens lindas que embelezam o post. Fiquei feliz que ela também topou colaborar. Obrigada, Gi!

Como você pode perceber, em Dubai quanto maior, melhor! E, são inumeras atrações para todas as idades. Agora, junto com as 11 atrações que já compartilhei, você tem o melhor guia de Dubai disponível. Com certeza, terão muitas coisas para fazer durante a viagem!

Falei que os posts com a Mari rendem? Fiquem ligados que o próximo é sobre Abu Dhabi e têm muitos destinos ainda por vir!

 

post a comment